Entenda o que é Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e a sua função nas escolas

agosto 04, 2021 | Publicado por Helcio Neto.

Hoje em dia, todas as atividades humanas são atravessadas, de alguma maneira, por soluções digitais. As diversas áreas do conhecimento dependem da tecnologia. Para facilitar o acesso dos alunos a tanta informação, as escolas têm adotado Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs).  


A sigla vem sendo cada vez mais utilizada por responsáveis, profissionais da educação e estudantes nos últimos anos. Com a pandemia do coronavírus, as restrições de circulação e o fechamento das escolas preventivamente, o termo se tornou ainda mais comum na rotina da comunidade escolar.


Apesar dessa presença constante no dia a dia das instituições de ensino, ainda resistem muitas dúvidas a respeito do AVA. Muitos familiares desconhecem o que, de fato, são esses ambientes digitais. Esses questionamentos são naturais, porque trata-se de um fenômeno mais recente.


Até quem já está mais familiarizado têm perguntas sobre o tema: mesmo alguns educadores e estudantes, que usam as suas ferramentas cotidianamente, também não conhecem o processo que culminou no estabelecimento desses sistemas digitais no processo de aprendizagem.


O objetivo deste artigo do Blog da Essia é ajudar a responder essas perguntas. Além disso, você vai conferir uma relação de vantagens que o uso do AVA traz para os professores, para os estudantes e para a comunidade escolar como um todo durante os segmentos da Educação Básica.


Boa leitura!    

O que é Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)?


Softwares que reúnem as atividades, organizam os módulos das aulas e permitem uma visão mais completa dos cursos são conhecidos como AVA. A proposta principal é permitir que, mesmo com a distância, professores e alunos consigam estabelecer uma dinâmica produtiva.


As ferramentas que cada ambiente apresenta variam muito. Recursos como notificações, que recordam os usuários dos prazos, colaboram também para a organização do período letivo. Isso é positivo tanto para os educadores, que propõem os exercícios, quanto para as turmas, que os fazem.


É criada uma comunidade virtual, que está sempre atualizada com relação às tarefas. A interface deve permitir justamente que os usuários consigam visualizar o desenvolvimento do curso. As interações digitais não excluem a possibilidade de encontros presenciais, em modalidade híbrida.

Quais são as principais opções disponíveis atualmente?


O AVA pode ser útil para todas as modalidades de ensino. Cursos livres ou de idiomas, faculdades, especialização a nível de pós-graduação e, é claro, os segmentos da Educação Básica costumam usar os ambientes virtuais para manter a harmonia entre os professores ou tutores e os alunos.


Diante de uma variedade tão grande de conteúdos, as opções de AVA também precisam ser diversificadas. Quem trabalha na área da educação deve conhecer as funcionalidades para escolher melhor qual ambiente digital indicar para a sua turma, a partir das particularidades das suas aulas.


Conheça as alternativas mais usadas abaixo!

Google Classroom


Integra o Google For Education, um conjunto de aplicativos desenvolvidos por uma das maiores marcas do mundo quando o assunto é tecnologia. Nessa iniciativa da empresa do Vale do Silício, o foco é voltado, principalmente, para as atividades com as crianças e os adolescentes.

Canvas


A exemplo do Google Classroom, o Canvas foi desenvolvido nos Estados Unidos — com a globalização, é difícil definir a nacionalidade da solução digital, já que as equipes são compostas por desenvolvedores de vários países. É utilizada em universidades relevantes como Harvard e Stanford. 

Moodle


Tem um grande diferencial: é um software livre e gratuito. Em outras palavras, possibilita que sejam feitas adaptações na proposta inicial do sistema com o intuito torná-lo capaz de dar conta das dificuldades encontradas por cada instituição de ensino. No Brasil, a USP usa o Moodle.   


E-Proinfo


É um ambiente colaborativo, resultado de políticas públicas em âmbito federal. O seu objetivo é promover o uso pedagógico das tecnologias de informática e de computação no Brasil, país que ainda mantém muitas desigualdades no acesso à informação, durante o período de formação.


Conheça 4 vantagens de usar AVA na Educação Básica


Os segmentos da Educação Básica são definitivos para o desenvolvimento dos alunos. Os estímulos com os quais os estudantes se deparam durante a Educação Infantil, o Ensino Fundamental e o Ensino Médio estabelecem o futuro das turmas em todos os aspectos da vida adulta.


Os gestores das escolas não podem poupar esforços para fazer com que crianças e adolescentes tenham acesso a todas as ferramentas possíveis para aprimorar as suas habilidades. Nesse sentido, o uso correto do AVA pode incentivar o processo de aprendizagem. Isso é muito positivo.


Se os professores estiverem entusiasmados ao usar esses recursos e os alunos compreenderem as novas abordagens, a tendência é de que o conhecimento floresça com ainda mais facilidade. Continue a ler e conheça 4 vantagens de utilizar esses ambientes virtuais.

Incentiva a organização dos alunos


Sem a proximidade física com os alunos, os professores não podem pretender exercer um controle tão intenso perante as turmas. O intuito passa a ser desenvolver a responsabilidade dos alunos e fazer com que todos compreendam a importância de cada atividade indicada para o ano letivo.


O AVA estimula a organização dos estudantes ao apresentar, em uma interface mais fácil, todas as tarefas que devem ser realizadas. Mesmo com a distância, é possível para os educadores acompanhar o empenho e o desempenho dos estudantes.  Essas atitudes fomentam a autonomia estudantil.

Facilita o trabalho dos professores


O tempo das apostilas avulsas ficou para trás: em vez de ter que lidar com os sumiços dos exercícios impressos dos alunos, o corpo docente pode analisar os resultados dos trabalhos em um único lugar. É possível ainda conferir a participação das turmas e lançar notas por meio do software.


Mesmo com todas as mudanças impostas pelo avanço da tecnologia, o ambiente virtual de aprendizagem simplifica a vida dos professores. Essa proposta virtual concentra também as interações com a turma em um só espaço e torna a relação com os estudantes menos dispersa.  

Estimula o uso de tecnologia 


A familiaridade com os recursos tecnológicos é uma condição para o desenvolvimento atualmente. Sem a predisposição para aprender como acessar novos dispositivos ou aplicativos, os adultos restringem a sua participação da vida social e criam barreiras, inclusive, para o mercado de trabalho.


Incentivar essa relação ainda na infância e na adolescência é muito positivo para o processo de aprendizagem. Além disso, esses instrumentos tornam o dia a dia da escola mais lúdico e ajudam a cativar as turmas e a conquistar o interesse para os conteúdos trabalhados pelas disciplinas.

Diminui o impacto da mudança para o ensino híbrido

A pandemia fez com que muitas crianças e adolescentes não pudessem frequentar as escolas. O desafio da comunidade escolar passou a ser criar uma atmosfera propícia para que as aulas continuassem a acontecer, a despeito de tantas adversidades sociais, sanitárias e econômicas.


O AVA foi uma forma de manter os laços de sociabilidade entre professores e estudantes durante o período de restrição à circulação. Além disso, o ambiente digital proporcionou a oportunidade de desenvolver habilidades socioemocionais, como o autocontrole, no decorrer desse período. 

Como integrar o conteúdo didático ao AVA?


Apesar da ampla utilização do AVA, infelizmente ainda não é tão comum o uso de material didático digital integrado ao ambiente de aprendizagem. Muitos professores precisam se desdobrar para disponibilizar aos alunos arquivos dispersos, que dificultam a organização. 


É necessário buscar essa compatibilidade. Já existem plataformas de conteúdo didático que estão integradas às principais opções de AVA disponíveis atualmente. Isso simplifica a rotina em toda a escola, desde a gestão até os alunos. Mas os benefícios não param por aí.

ASSISTA AO VÍDEO E ENTENDA COMO INTEGRAR O CONTEÚDO DIDÁTICO COM A ESSIA:

A Essia, por exemplo, permite até que os professores insiram conteúdo autoral na plataforma. Assim, o estudante passa a ter acesso a uma experiência única, lúdica e integrada, que incentiva a autonomia na infância e na adolescência. É a melhor forma de introduzi-los no mundo tecnológico. 


Agora que já sabe o que é Ambiente Virtual de Aprendizagem e a importância das suas ferramentas para a Educação Básica, você já pode procurar a opção que mais se ajusta às necessidades da sua escola. Não se esqueça de buscar conteúdo didático que apresente integração com o seu AVA!

Por que a expressão processo de aprendizagem é mais aconselhável do que a palavra ensino?


O conceito de aprendizagem é essencial para a compreensão do AVA — afinal, uma das letras da sigla faz referência a essa palavra. O termo é muito comum no dia a dia das instituições de ensino, mas os pedagogos têm dedicado mais tempo a compreender a sua importância recentemente.


Existe, inclusive, uma oposição muito relevante para a educação: enquanto a palavra ensino confere menos protagonismo aos estudantes, a ideia de processo de aprendizagem pode ser revolucionária para as escolas. Essa mudança de paradigma tem a ver com a proposta das metodologias ativas.


Clique aqui e leia tudo sobre o assunto no Blog da Essia!